Pit Bitoca é sequestrado antes de marcar um encontro pelo Tinder
  • Pit Bitoca é sequestrado antes de marcar um encontro pelo Tinder

    Pit Bitoca é sequestrado antes de marcar um encontro pelo Tinder. Foto: Reprodução Instagram
    Pit Bitoca é sequestrado antes de marcar um encontro pelo Tinder. Foto: Reprodução Instagram
    Pit Bitoca é sequestrado antes de marcar um encontro pelo Tinder. Foto: Reprodução Instagram

    O ator Heitor Martins, famoso pelo papel de Pit Bitoca no programa “Zorra Total”, da TV Globo, passou por um sufoco após marcar um encontro pelo Tinder.

    + Receita fácil de sorvete de pé de moleque da Ana Maria Braga
    + Luana Piovani muda radicalmente para novo trabalho em Portugal
    + A melhor maneira de lavar suas frutas e legumes
    + Morando nos EUA, influenciadora brasileira revela que perdeu o umbigo após procedimento estético

    Antes de se encontrar com uma mulher que havia conhecido no aplicativo, ele foi sequestrado e assaltado. O crime aconteceu em São José dos Campos, no interior de São Paulo. “Fiquei cinco dias em cativeiro”, contou Heitor .

    Por meio da ferramenta Stories do Instagram, nesta quinta (21), Martins deu mais detalhes sobre o ocorrido e disse que está recebendo muitas mensagens de seus amigos e seguidores.

    “Aconteceu uma coisa comigo no fim de semana. Eu fui sequestrado, fiquei cinco dias em cativeiro, inclusive queimaram meu carro, roubaram minha casa, mas graças a Deus, estou bem, estou vivo e mais forte agora, com todo esse carinho de vocês. Então, tudo tranquilo, graças a Deus. Estou vivo, saiu tudo bem. Foi o material, mas a vida vale muito mais que essas coisas todas”, contou ele.

    Em outras publicações, ele demonstrou estar tranquilo e grato por ter sobrevivido. “Não teve nada demais, não teve golpe do Tinder, nada, estão criando coisa na cabeça. Eu fui a São José dos Campos ao encontro de uma moça do Tinder. Aí fui pego lá, acabei nem encontrando a moça”, esclareceu.

    “Eu não caí no golpe, não sei. Eu já conheci várias pessoas no Tinder, sou amigo delas até hoje, é uma ferramenta normal. Pode ter gente ruim lá? Pode, claro, mas eu não sei dizer para vocês. Eu fui pego antes e fiquei em cárcere privado. Eu ainda não consegui dormir”, completou o humorista.



    arrow